terça-feira, 8 de setembro de 2009

Um olho no céu

Música de ALAN PARSONS PROJECT
http://www.youtube.com/watch?v=5-41tg_CS7s&feature=related

EYE IN THE SKY

Letra traduzida:

Não pense que desculpas são facilmente ditas
Não tente virar a mesa
Você teve muitas oportunidades antes
Mas não lhe darei mais nenhuma
Não me questione
É assim que funciona
Porque parte de meus pensamentos é o que você está pensando
Não diga palavras das quais vai se arrepender
Não deixe um incêndio acometer sua cabeça
Eu ouvi esta acusação antes
E não vou aguentar mais
Creia-me o Sol em seus olhos
Faz algumas de suas mentiras acreditáveis
Eu sou o olho no céu olhando para você
Eu posso ler sua mente
Sou quem faz as regras
Negociando com tolos, eu posso lhe enganar
E não preciso ninguém mais para ver
Para saber que posso ler sua mente
Não deixe falsas ilusões para trás
Não chore. Não mudei de idéia
Portanto ache outro tolo como antes
Porque eu não viverei mais acreditando
Algumas dessas mentiras são indicios que você está me enganando
por alguns momentos

11 comentários:

Mariana disse...

Joice cada vez que tu me visitas, eu fico numa alegria só.
Tua presença no meu blog só irradia.
Adorei a ideia da inspiração para o personagem.
Esta eu quero ver, ou seja ler.
beijos e um abraço com carinho

Joice Worm disse...

Você não perde por esperar, Mariana. Vais adorar a personagem e ainda por cima, eu mesma vou desenhá-la. Hehe.

No Limite do Oceano disse...

Sabes que é fácil mentir, admitir é outra história.

Joice apenas um reparo...se alguém nos mente por um momento, quando esse mesmo momento passa a mentira continua a andar...dizem que ela tem pernas curtas, mas se andarem de andas, ou de saltos altos, a mentira pode ir longe :-p

Beijos,
Carlos

Sol da meia noite disse...

A mentira é uma coisa estranha. Confunde, ao ponto de nos fazer crer que é verdade.
Daí aquela expressão tão usual: "Com a verdade me enganas."

Beijinhos, minha amiga * *

xistosa - (josé torres) disse...

O nosso viver também é uma mentira no dia-a-dia.
Também se enganam tolos e até os sãos de espírito.
O que é muito mais difícil.
Mas quem adivinha os pensamentos de outrém tem um valor incalculável.
Já não o é tanto quando é o próprio a "elevar-se" (Eu sou o olho no céu olhando para você
Eu posso ler sua mente
Sou quem faz as regras).

Não é nada modesto.

Um abração.

mundo azul disse...

__________________________________


...mentiras! De todas as não virtudes, com certeza é a que mais não gosto...

Beijos de luz e o meu especial carinho, Joice!!!

___________________________________

Lu Cavichioli disse...

Delícia de Alan Parsons. Assistimos juntos, eu e Laércio. Marcou nosso namoro.
Meus sais, que saudade.

Obrigada por esse momento , amada Joice.

boa noite querida!

Joice Worm disse...

Geeente... Eu não fiz esta poesia. Se concordo ou não, digo-te que em parte o escritor está com inteira razão. Só quem sabe os anos de privações é que pode entender isso. Mas não quero analisar uma música tão bonita.

Mariana disse...

Joice passei aqui para visitar-te e deixo o desejo q tu tenhas um ótimo fim d semana com mt paz, amor e luz.
beijos com carinho.

Luiz Caio disse...

Oi Joice! Como vai?

Hoje passo rápdamente, para agradecer pelo seu carinho, e também lhe dizer que as férias, as das emoções, terminaram... Agora já posso voltar às postagem e retomar nossa bonita amizade!

TENHA UM LINDO FINAL DE SEMNANA!

BEIJOS

O Profeta disse...

Troquei as voltas a um Golfinho feliz
Afagei a cria de uma Baleia azul
Confundi uma nuvem com ilha encantada
Perdi-me na rota entre o Norte e o Sul

Aprisionei o olhar de uma gaivota
Enchi a alma com penas de imensa leveza
Enchi o coração de doce maresia
Adormeci nos braços da incerteza

Vem viajar comigo no meu barco de papel


Bom domingo

Doce beijo