terça-feira, 29 de junho de 2010

Xô, gnomo!

- Eu faço com que tu te deprimas para brincar contigo - disse o gnomo.
- E eu não acredito que você faça isso comigo, porque não há interesse - disse a mulher.

- Eu faço com que tu te deprimas para brincar contigo - disse o gnomo.
- E eu não lhe vou dar nem mais um minuto de gozo - disse a mulher.

- Eu faço com que tu te deprimas para brincar contigo - disse o gnomo.
- E eu já não posso mais lhe ouvir, porque você insiste em ser meu inimigo - disse a mulher.

- Eu faço com que tu te deprimas para brincar contigo - disse o gnomo.
- E eu vou procurar seres fantásticos que me façam feliz! - disse a mulher.

- Vou lhe esquecer, gnomo. Você para mim, já não existe, continuou a mulher,

Puf... o gnomo desapareceu e levou a tristeza e a depressão.

- Gnomo, gnomo... - Gritou a mulher. Oh! Que coisa... já estava me habituando, continuou. Ia lhe contar que quase desisti de tudo por causa dele, mas ainda bem que se foi. Poderia incentivá-lo a continuar com seus propósitos. Melhor assim... Talvez também não lhe agradasse a soja que lhe dei estes meses. É, vai ver que foi isso...

by J.Worm
(brincando com a menopausa)

terça-feira, 22 de junho de 2010

Envelhecendo alegremente


Joice envelhecendo alegremente.
Bem haja!

(Receita: RIR, SORRIR, GARGALHAR)
Se não conseguires ver efeito por fora, muita gente o verá.
Quando tu te sentes feliz, te sentes bem!
Se não há motivo para a felicidade, procure um.
Invente!!!
(Se REINVENTE)

Joice Worm

domingo, 13 de junho de 2010

Tu és capaz!

Não deixe que ninguém lhe diga que não és capaz.
Pergunte qual é o desafio e cumpra a ordem.
Se a oportunidade apresentou-se a ti,
é porque tu és a única pessoa preparada.
Nunca duvide disto.
Tu sim, és capaz!

Bem haja!

Joice Worm