sexta-feira, 31 de julho de 2009

A vida em cor-de-rosa

Quem conhece a tradução de "La vie en rose" cantada por Edith Piaf, sabe o que é esparramar-se de amor dentro desta melodia de-li-ci-o-sa...

"Olhos que fazem baixar os meus
Um riso que se perde em sua boca
Ai está o retrato sem retoque
Do Homem a quem eu pertenço

Quando ele me toma em seus braços
ele me fala baixinho
Vejo a vida cor-de-rosa

Ele me diz palavras de amor
Palavras de todos os dias
E isso me toca

Entrou no meu coração
Um pouco de felicidade
Da qual eu conheço a causa

É ele pra mim, eu pra ele
Na vida, ele me disse
Jurou pela vida

E desde que eu percebo
Então sinto em mim
Meu coração que bate

Noites de amor que não acaba mais
Uma grande felicidade que toma seu lugar
Os aborrecimentos e as tristezas se apagam
Feliz, feliz até morrer

Quando ele me toma em seus braços
Ele me fala baixinho
Eu vejo a vida cor-de-rosa

Ele me diz palavras de amor
Palavras de todos os dias
E isso me toca
Entrou no meu coração
Um pouco de felicidade
Da qual eu conheço a causa

É ele pra mim, eu pra ele
Na vida, ele me disse
Jurou pela vida

E desde que eu percebo
Então sinto em mim
Meu coração que bate"

E a melodia aqui vai tachada no Youtube...
http://www.youtube.com/watch?v=rKgcKYTStMc&feature=related

Falar de amor é preciso e se preciso for,
será a minha lei e a minha espada!
Joice Worm

terça-feira, 21 de julho de 2009

Uma forma de amar...

(Inspirado no Blog site do Limite do Oceano)

Há um cientista que diz que o tempo é muito relativo.
Formou-se a teoria e nós continuamos a avançar através dele.
Dizem que o tempo é diferente para cada um e diferente é a forma de amar e de dar amor.
Você está transbordando de amor porque pensa que ninguém percebe o quanto você ama.
Não é verdade.
O que acontece é que você está tentando dar amor a uma única e especial pessoa e para ti, esta importaria mais.
É só uma questão de perspectiva.
Pense comigo:
Se eu lhe disser que "te amo" como amigo, não serve.
Há vários tipos de amor infelizmente, quando deveria haver apenas uma forma de amar.
Tudo bem, a filosofia segue e o amor continua a crescer dentro de ti.
Bem haja!

Joice Worm

sábado, 18 de julho de 2009

Ingenuidade

Qual seria a reação, se eu de repente segurasse a mão de alguém em um gesto de cumprimento, e além disso, encostasse ao meu rosto a mão desta mesma pessoa e fechasse os meus olhos para demonstrar o meu imenso carinho?...

Por que razão não podemos cumprimentar estranhos com um beijo, um abraço e fecharmos os olhos ao mesmo tempo para que o gesto seja o mais real possível?

Ai, como dói minha ingenuidade...

Joice Worm

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Dormir, mas...

Acordei, já faz tempo. Penso que abri os olhos e estava mais bonita.
O tempo foi passando, passando... acabou a beleza outra vez.
Bom, o remédio é voltar a dormir.
Já me sinto preguiçosamente linda... Hehe.

Joice

sábado, 11 de julho de 2009

Espelhos... Será possível?

Recebi esta mensagem de uma amiga. Custa-me acreditar que algum construtor tenha a coragem de fazer isso sabendo que se for descoberto pode se dar mal. Mas vou deixar aqui o texto apesar de não ter nada a ver com algum pequeno milagre... Entretanto queria divulgar de alguma forma...

"COMO DETECTAR UM ESPELHO VERDADEIRO E COMO DETECTAR UM FALSO, OU SEJA, UM ESPELHO DE DUAS DIRECÇÕES!
Quando forem a hoteis, pousadas, casas de banho públicas, lojas, etc., prestem atenção aos espelhos. Vocês podem estar a ser observadas e por isso, não custa nada fazer o teste abaixo indicado. Serviço de Utilidade Pública em Prol da Integridade Feminina: Não é para assustar, mas para alertar. Isto foi ensinado por uma mulher polícia.

Quando as mulheres vão às casas de banho, quartos de hotel, vestiários, ginásios, etc., quantas podem estar certas de que o espelho, aparentemente comum, pendurado na parede é um espelho verdadeiro ou um espelho de duas direcções? Daqueles em que você vê a sua imagem refletida, mas alguém pode estar a vê-la do outro lado do vidro, como os do Big Brother. Tem havido muitos casos de pessoas que instalam espelhos de duas direções em locais frequentados por mulheres, para filmar, fotografar ou simplesmente ficar a olhar. É muito difícil identificar positivamente, o tipo de espelho, apenas olhando para ele.

Então, como podemos determinar com precisão que tipo de espelho é o que estamos a ver? É muito simples. Faça apenas este teste: Toque na superfície refletida com a ponta da unha.Se existir um ESPAÇO entre a sua unha e a imagem refletida, o espelho é GENUÍNO. O espaço é equivalente à espessura do vidro do espelho, pois a parte que reflete é a parte do FUNDO do vidro e não a parte da frente.

Entretanto, se a sua unha TOCA DIRECTAMENTE na imagem, NÃO havendo um espaço então CUIDADO COM ELE, POIS É UM ESPELHO DE DUAS DIRECÇÕES. A parte que reflecte é a parte da frente, não a do fundo do vidro.Então, lembre-se que, de cada vez que veja um espelho, faça o 'teste da unha'. Tem que haver um espaço!"

Enfim...

terça-feira, 7 de julho de 2009

domingo, 5 de julho de 2009

E porque não?

Obrigada pelos amigos verdadeiros.
Obrigada pelos inimigos declarados!
E porque não?
Acho que estes últimos me impulsionam
para meu verdadeiro destino.

Bem haja! Que Deus os proteja.
Aos amigos, e aos inimigos.
Que estejam vivos e com saúde para
que meus dias terminem plenos de sabedoria.

Joice Worm

(complemento desde a resposta que dei em comentário:...

"... Na verdade não sei se tenho inimigos. Nem imagino que possa existir alguém que me deseje mal, mas com certeza haverá aqueles que irão agir para que eu não avance mais um passo. O que posso desejar é que @ mesmo continue a caminhar para alcançar a mim. Já vou muito longe...". Joice Worm)