quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Música para falar do que sinto...

Porque amo vocês, bloguistas do meu coração...
Ouvi esta música outra vez e me deu vontade de tê-los comigo
Aqui
e
Agora!

My Sweet Lord
http://www.youtube.com/watch?v=_aa3ylmxnLM


Bem haja!

Ouçam o meu coração a bater...
PUM PUM
PUM PUM
PUM PUM...

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Homenagem ao escritor Marciano Vasques

Senti uma felicidade incrível ao te ver ali, Marciano.

Não estive lá, mas me imaginei e transportei
fazendo do tempo e do espaço geográfico,
um facto impossível de me impedir.

http://www.casaazuldaliteratura.blogspot.com/

Parabéns, meu querido!

Bem haja!

Joice Worm

domingo, 9 de agosto de 2009

MEDO

A palavra “MEDO” até dá mesmo… Medo!
E não há dúvida que qualquer um de nós já sentiu algum medo na vida. Entretanto, não é muito difícil vencer o medo. É como sempre digo, uma questão de “práctica”.

Há quem tenha medo de envelhecer, de ficar sozinho, de que os filhos ou amigos os abandonem… medo da morte, medo de ter um acidente, medo de vento, do mar… Sei lá. Tanta coisa que nos pode meter medo…

Medo de mudar de emprego, medo de engordar, medo de viajar, de começar um namoro e até do dia que terá uma relação íntima, que pode não ser a primeira, mas tem medo de falhar alguma coisa… Medo de ser entrevistado para um novo emprego, medo de tomar uma decisão ou de dar opinião. Medo de dirigir…

Medo de falhar como pessoa, de ser rejeitado pelos colegas de escola, medo de ficar impotente ou de ser enganado por um amigo. Medo de enlouquecer com tanto trabalho, medo de ter uma doença que leve ao Hospital…

Naturalmente que ninguém tem medo de tudo isto ao mesmo tempo, a aí, sem fazer muito drama, o melhor que tem a fazer é ENFRENTAR O MEDO.

Por exemplo, você não deve ter medo de envelhecer. Você tem que se convencer primeiro que esta é a lei natural da natureza humana e suavemente ir cuidando de alguns pontos XPTO que puder. Nao estou falando em plástica. Isto custa caro e não é para todas as bolsas. Falo em um bom sono durante à noite, um cremezinho para hidratar a pele e alguma ginástica para tonificar os músculos. E estes pequenos cuidados acrescentados com um espírito elevado, desprendido de preconceitos e proibições, faz de você uma pessoa jovem e moderna. E com toda gente alegre à sua volta, duvido que você se sinta “velho”…

Outro exemplo é o medo de viajar para que nada de mal aconteça. Digo-te: ! Viaje, desfrute, curta a sua vida. Se o final tiver que ser amanhã, será aqui ou em qualquer parte do mundo.

Portanto, a única forma de vencer o “Medo” é enfrentando e “Vivendo“.

Posted by Joice Worm...Milagre at 21:03:53 em 04 de Março de 2008 no meu antigo blog: Eu vos compreendo (http://euvoscompreendo.blog.com/2008/03/04/medo/#comments)

Tenho a mesma idéia daquele dia de reflexão.
Bem haja!

Joice Worm

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Quando alguém morre muito cedo para nós...

Assim escrevi um dia a uma amiga...

...Pense que é perfeitamente natural que seu namorado sinta a morte da sua irmã... era muito nova e ele e tem pena que ela tenha ido tão cedo. O fato de ter sido por um acidente ainda se torna mais imcompreensível.

Mas um dia, quando possa, explique para ele, se é que você também consegue acreditar, que cada um de nós só vive o tempo necessário para viver. E que cada falecimento tem um objectivo. Há espíritos que se matam antes de completar o justo dia, e às vezes faltam apenas meses... Assim explica-se a morte de pré-maturos.

Entretanto, apesar de estarmos a falar neste assunto, não inicie nenhuma conversa sobre isso com ele. Não será necessário. Esteja sempre preparada para acalmá-lo, ser compreensiva e amiga. Deixe que ele desabafe a angústia que sente, e cuide dele com carinho para que vá esquecendo e entendendo com sua ajuda, que toda esta história de vida e de morte apenas faz parte de uma única trama divina: Aprender a amar!

Pobre de nós, ainda temos muitos exames para sermos aprovados... (risos)
Um comentário meu a seguir o post...
"Sabe de uma coisa, por mais que o ser humano insista em crescer em tecnologia, enriquecer materialmente ou adquirir respeito em títulos... estará sempre a ser atormentado pelos sentimentos que o levará a valorizar o "amor". E porque? Apenas porque, por mais que "possua", de nada serve se estiver "sozinho"."

Bem haja!
Joice Worm

Vida, eu e você...

Nada é por acaso, e coincidências não existem.
Quando o destino foi traçado, cada um já sabia o que se ia passar.
Foi cômodo esquecer, e também por isso, é bom viver.
Faz parte do show da vida!

Joice Worm
Mrow Ecioj (eu, ao contrário de mim)