segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Quando eu parei de pensar

Noc, noc...
Cheguei na sala pela portinha dos inibidos.
Andei e ando descalça por aí às voltas com tantos afazeres,
misturada com uma menopausa que me complica a paciência...

Nem escrever me espera,
nem ler me encontra,
nem nada de nada.

Nos fins de semanas só o tecto consegue meu olhar fixo.
Estou em stand by de mim.

Joice Worm

8 comentários:

Welwitschia disse...

Oh, amiga,tás mm em baixo... Conta sempre com o meu ombro amigo. Vem até cá, descansar um pouco e desanuviar, precisas voltas a rir com vontade!
Um bjo

Joice Worm disse...

Upf...é mesmo, Welw. É só trabalhar e nem dá para desfrutar da vida com esta falta orgânica.
A ver se passa logo os calores fora de hora.

o que me vier à real gana disse...

Viva!

Fase, apenas isso, minha linda senhora! A vida é muita coisa, uma delas traduz-se na contínua alternância de fases.

Tudo de bom!

Joice Worm disse...

Hehehe... O melhor é não perder a cabeça toda, não é meu amigo? rs.
Como diz na piadinha:"Tudo passa, até a uva "passa".
Beijos meus para ti!

neo-orkuteiro disse...

Oi, Joice.
Apesar da boa explicação de natureza biológica, você diz que parou de pensar e nisso eu me recuso a acreditar, tá bem?
Parar de pensar você só vai mesmo quando parar de fazer todas as outras coisas, inclusive respirar.
Meu palpite é que você ainda dobrará sua idade atual, e minha esperança máxima é a de ver isso com meus próprios olhos.
Se isso acontecer mesmo, de minha parte sei que ainda serei seu amigo e ainda gostarei tanto de você quanto gosto agora, mais não porque não acho possível.
Você também já estará idosa e eu terei como amigo o direito de lhe lembrar que você errou, porque ainda pensou por décadas a fio e pensou foi muito, E bem, inclusive.
Depois, então, como tudo passa, ...
Muito carinho pra você, Joice

Joice Worm disse...

Ih, Neo. Hoje então passei um dia de sono. A começar pelo tempo cinzento. Trabalhei mais ou menos, e não sei como, fui tomar um café e dormi no trabalho...
Não quero muito dobrar a idade, só se esta idade se tornar uma fase sábia e com a saúde necessária para não chatear ninguém.

tossan® disse...

És uma labutadora...Nem sei se escrevi certo. Aquelas águas são lágrimas de alegria pela tua presença. Tu és uma das primeiras visitas que eu fiz a uma ano e meio quando abri o blog. Beijo moça

Joice Worm disse...

Menino, acredita que só agora vi a sua metade-cara na foto, ou vc mudou? Que falta de atenção a minha. Tenho que ir buscar a lupa. Hehe.
Gosto do homem e do palhaço. Está genial!