sábado, 16 de janeiro de 2010

Haíti e sentido da vida

Resposta a uma mensagem sobre o "herói" do BB no Brasil... Não posso comentar por não saber do que se trata, mas terminei divagando por outros temas.

Ai... É uma lástima, mas assim se transformou a nossa sociedade.
O ser humano, que morre, morre. O ser humano que precisa, é ajudado pelo povo que deposita na caixa forte daqueles que você já sabe. E o que vende, dá vida e saúde àqueles que já tem, acrescentando mais e mais milhões "doados" por nós com suor e tristeza.

Já me abstenho de comentar, já me abstenho de reclamar.
Me resumo agora a ajudar as pessoas através da Sala dos Sonhos. Esta já passou para Sala de Consulta psicológica com assiduidade de desabafos de vidas, por todo o mundo.
Sou altruísta é o que a maioria me diz. Não queria que assim fosse neste momento. Não tenho dinheiro, nem tenho tempo para todas as pessoas que me pedem ajuda. Mas sigo ajudando até quando Deus quiser.
Ainda não me falta comida na mesa, de certo não me faltará... Sigo ajudando.

Daí quando vem uma catástrofe como esta no Haíti, Fico pensando no sentido da vida...
E não concluo.
Sigo ajudando.

Joice Worm

6 comentários:

Welwitschia disse...

Todas as vida têm sentido. A vida tem sentido. Mesmo nas catástrofes há um sentido. Nós não estamos aptos para o perceber, mas há um sentido Divino. Cada vez sei isso com maoir convicção, e aceito.

Joice Worm disse...

Pode crer, Welw. Não há dúvidas de que o sentido existe. E cada um é importante para existir.
Incrivelmente estas catástrofes só ocorrem em países pobres ou que a natureza quer chamar a atenção. Está claro que o motivo é dinâmico e inevitável.

Angela Reis (Luna) disse...

Adorei tdo aqui Joice, passo depois com mais tempo =)

dorme com os anos
e Fica com Deus!!

bjos

Daniel Fernandes disse...

Oi Joice.
Desgraças acontecem a toda a hora, e concordo que se ajude, mas os governos ajudarem os que estão longe quando não ajudam os que os elegem, os que moram numa esquina próxima onde passam todos os dias faz com que esta ajuda que eles dão parece um gesto ipócrita.
Mas é bom que se ajude.
Beijinhos.

Antonio saramago disse...

PARA OS donos do mundo, até as desgraças são aproveitadas para o negócio nujento da sociedade porca.

Angela Reis (Luna) disse...

Joice,

É muito bom saber que existem pessoas como você, que se preocupam com o próximo. Eu sempre digo, quanto mais amor damos temos para dar. Um carinho, um abraço, uma palavra de consolo, segurar a mão do outro vale muito mais que qualquer presente que se possa dar. Siga ajudando!! Que Deus te ilumine e te abençõe!!

bjos no seu grande coração =*