domingo, 9 de agosto de 2009

MEDO

A palavra “MEDO” até dá mesmo… Medo!
E não há dúvida que qualquer um de nós já sentiu algum medo na vida. Entretanto, não é muito difícil vencer o medo. É como sempre digo, uma questão de “práctica”.

Há quem tenha medo de envelhecer, de ficar sozinho, de que os filhos ou amigos os abandonem… medo da morte, medo de ter um acidente, medo de vento, do mar… Sei lá. Tanta coisa que nos pode meter medo…

Medo de mudar de emprego, medo de engordar, medo de viajar, de começar um namoro e até do dia que terá uma relação íntima, que pode não ser a primeira, mas tem medo de falhar alguma coisa… Medo de ser entrevistado para um novo emprego, medo de tomar uma decisão ou de dar opinião. Medo de dirigir…

Medo de falhar como pessoa, de ser rejeitado pelos colegas de escola, medo de ficar impotente ou de ser enganado por um amigo. Medo de enlouquecer com tanto trabalho, medo de ter uma doença que leve ao Hospital…

Naturalmente que ninguém tem medo de tudo isto ao mesmo tempo, a aí, sem fazer muito drama, o melhor que tem a fazer é ENFRENTAR O MEDO.

Por exemplo, você não deve ter medo de envelhecer. Você tem que se convencer primeiro que esta é a lei natural da natureza humana e suavemente ir cuidando de alguns pontos XPTO que puder. Nao estou falando em plástica. Isto custa caro e não é para todas as bolsas. Falo em um bom sono durante à noite, um cremezinho para hidratar a pele e alguma ginástica para tonificar os músculos. E estes pequenos cuidados acrescentados com um espírito elevado, desprendido de preconceitos e proibições, faz de você uma pessoa jovem e moderna. E com toda gente alegre à sua volta, duvido que você se sinta “velho”…

Outro exemplo é o medo de viajar para que nada de mal aconteça. Digo-te: ! Viaje, desfrute, curta a sua vida. Se o final tiver que ser amanhã, será aqui ou em qualquer parte do mundo.

Portanto, a única forma de vencer o “Medo” é enfrentando e “Vivendo“.

Posted by Joice Worm...Milagre at 21:03:53 em 04 de Março de 2008 no meu antigo blog: Eu vos compreendo (http://euvoscompreendo.blog.com/2008/03/04/medo/#comments)

Tenho a mesma idéia daquele dia de reflexão.
Bem haja!

Joice Worm

20 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA JOICE, MARAVILHOSO TEXTO E ESTÁ SEMPRE ACTUAL... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Dora disse...

Joice. Realmente, ter medo é próprio da criatura humana, essa frágil e forte, paradoxalmente, criatura!
Já tive muitos medos e aprendi a enfrentá-los. Talvez essa aprendizagem tenha vindo com os anos( não são tantos assim...rs mas, já somam algumas dezenas, digamos...).
E o medo de envelhecer é um dos medos que nunca tive, justamente porque sigo o preceito que você prega: amar e sempre amar...
Quem fica amando...não tem muito tempo para medos, não?
Beijos, beijos.
Dora

Daniel Fernandes disse...

Joice, ter medo é não ter certeza que somos capazes de enfrentar as coisas da vida ou da idade e seguir em frente.
Tem uma palavra Biblica que diz; "TUDO QUE EU TEMO ME SOBREVEM".
E a verdade é que acontece mesmo.
Bj.

Joice Worm disse...

Olá Fernandinha,
Saudades... Pois é, enquanto sentimos medo não avançamos um pé na estrada. Mas por sorte temos o auto-controle e discernimento, não é mesmo?

Dora,
É mesmo assim, o pensamento em coisas boas e positivas jamais nos deixa cair. Bjks.

Daniel,
Esta palavra bíblica também se aplica ao poder da mente. Quanto mais se pensa, mais se materializa.
Por isso é que eu estou sempre a cultivar o melhor que a vida possa me dar. Um grande abraço, Dani.

Welwitschia disse...

Ter medo é natural, mas também devemos ter controle sobre esse medo. Não ter medo é não ter consciencia, mas saber dominá-lo é mto bom. Se Deus nos criou tb plha por nós, estamos empre acompanhados por ele, aquietemos o medo!

Joice Worm disse...

Oiiiiiiii Welw.!

É mesmo. O medo é natural e também ajuda a nos fazer fugir na hora certa. O melhor é saber controlar e saber o que está fazendo, se não ainda provocamos um situação pior por agir por impulso... O que quero dizer é que às vezes, o medo também pode atrapalhar.
Quando vem cá em casa?? Estamos com saudades de vcs.
Beijosssssssssss

caurosa disse...

Olá amiga Joice, como sempre bons textos, muito reflexivo. Tem selo de presente.

Forte abraço

Caurosa

Joice Worm disse...

Oiii Carlos,
Que bom te ver aqui outra vez, professor. Um abraço!!
(Vou buscar o selo para guardar no meu arquivo, não gosto muito de vê-los inundando o blog como se fossem publicidades. Mas aprecio os presentinhos. Muac!).

João Grilo disse...

Medo... naturalmente o obstáculo mais amado e mais odiado. Gostei. Parabéns Joyce.
Bem Haja!

Sol da meia noite disse...

Há que cortar as amarras do medo e viver.
Porque nada tem o poder de nos paralizar mais, que esse fantasma do medo.

Amiga, um lindo dia para ti :-)
Jinhos * *

Gilbamar disse...

Oi minha amiga Joice, que bom rever você comentando em meu blog.

Não tenho medo de ter medo e procuro coragem sempre para enfrentá-lo com ousadia.

Não desapareça mais, viu?
Poético abraço do amigo Gilbamar.

Lais disse...

Tenho medo de tantas coisas, que as vezes nem sei como estou viva...

Antonio saramago disse...

Eu não tenho mêdo de nada, nem sequer o mêdo de morrer!!!

Rosemari disse...

É preciso enfrentar o medo. É esse enfrentamento que nos permite ser livres.

beijos amiga, tá muito sumida.

mundo azul disse...

________________________________


É verdade, Joice... O medo tem que ser olhado de frente, para que enfraqueça... Quanto mais fugimos, mais o medo aumenta!

Muito bom o seu texto!


Um beijo de luz e carinho!!!


__________________________________

Amordemadrugada disse...

Olá Joice
Eu acho ke sim, que temos ke enfrentar o medo para assim o podermos superar, no entanto existem certas fobias que nos impossibilitam de concretizar certos objectivos
é claro ke um dia toda a gente tem ke morrer, mas...por vezes temos ke ser conscientes e dar uma ajudinha para tentar impedir certos precalços
as fobias são terriveis amiga!
enfrentar certos medos é pcífico...mas há uns danadinhos que nos imobilizam .lol
besito e aparece,tá

tossan® disse...

Ter medo é normal e faz parte do homem, mas o medo e a coragem navegam em mares desconhecidos com temporais para alcançar um cais seguro, porém a perceptiva da coragem tem que ser maior. Já disse que gosto muito do jeito da tua escrita? Beijo moça

Tiago Soarez disse...

Ô sumidinha?

Tá com medo do meu blog é? rs...

Você sabia q eu voltei com o Santa Ironia?

Faz uma visitinha lá?

E sobre o medo... a palavra 'medo' me dá mais medo do que imaginar qualquer coisa que eu tema.

Beijo enorme.

Táxi Pluvioso disse...

Medo? O tempo encarrega-se dele quando as pessoas compreenderem que não há nada a fazer. E as plásticas só enganam quem as faz, aos outros não parecem mais novos, mas sim esquisitos. bfds e um exemplo de cantar.

Ilaine disse...

Joice!

Me fez um bem incrível te ler. Realmente, o medo nos acompnah, mas é preciso enfrentá-lo. É preciso viver!

Beijo