sábado, 15 de março de 2008

Que passa??

Ai Blog, amigo meu...
Ai Blog, meu bloguito
Como pude me esquecer de ti
Inseparável amigo atento
Que em tantas noites e dias me acompanhastes

Meu querido, digo-te agora
Que tão pouco volto hoje para escrever
Tão mázinha que estou eu
Que vou te deixar curioso para voltar amanhã

Prometo... (nem rimar consegui... Ai que falta de inspiração!)

2 comentários:

Luis Eustáquio Soares disse...

rsss e num ritmo de conto de fadas, de balada, de aladas palavras, foi compondo o seu texto, inspiradamente, a partir de acasos concorrentes.
obrigado pelas presenças,
b
luis

Madalena Barranco disse...

Ah, não precisa inspiração, porque o poema ficou uma gracinha!!! Beijos.