terça-feira, 21 de julho de 2009

Uma forma de amar...

(Inspirado no Blog site do Limite do Oceano)

Há um cientista que diz que o tempo é muito relativo.
Formou-se a teoria e nós continuamos a avançar através dele.
Dizem que o tempo é diferente para cada um e diferente é a forma de amar e de dar amor.
Você está transbordando de amor porque pensa que ninguém percebe o quanto você ama.
Não é verdade.
O que acontece é que você está tentando dar amor a uma única e especial pessoa e para ti, esta importaria mais.
É só uma questão de perspectiva.
Pense comigo:
Se eu lhe disser que "te amo" como amigo, não serve.
Há vários tipos de amor infelizmente, quando deveria haver apenas uma forma de amar.
Tudo bem, a filosofia segue e o amor continua a crescer dentro de ti.
Bem haja!

Joice Worm

12 comentários:

Dora disse...

Oi, Joice! Saudade de você e dos amigos.
Andei longe dessa vida na blogosfera...
Se bem captei seu texto, todos temos "capacidade" de amar. Mas, repartimos esse amor de maneiras diversas.
E deveríamos amar, a todos, igualmente, não?
Mas, penso que as demonstrações desse amor é que variam, Joice. Nem sempre nos permitimos efusões de afeto e carinho, diante de pessoas com quem temos pouco contato. Eu gostaria de poder extrapolar meu amor sempre que sentisse essa vontade, porém não o faço...
Posso abraçar você bem apertadinho?
E deixar muitos beijos espalhados aqui?
Dora

la chica maravilla disse...

Olá minha linda!!! Tirei ums dias de férias e tenho tempo de te lêr, o qué bom!!
Concordo contigo nisso da capacidade de amar, bem se há um tempo que nao consigo amar, assim, amar, percebes? Já sabes que eu permitou-me todas as efusoes de afeto e carinho que posso... e por isso enviou-te o maior dos abraços.
Eu também tenho saudades tuas, mais neste momento estou com um furacao dentro de mim, nao consigo ficar quietinha e fazer apenas uma coisa.... Dou-te como prenda um beijo forte, mua!

No Limite do Oceano disse...

Pode ser uma forma de amor, e como ele (o amor) é estranho, não se pdoe estar à espera que ele se infiltre nos poros da nossa pele.

Beijos,
Carlos

Welwitschia disse...

Querida amiga,
Amar pode ser viver feliz. Isso é uma forma suprema de amar os outros.
Como eu amo! E sei k tb és feliz como podes! E transmites essa felicidade, isso é amar!

©tossan disse...

É por isso que te amo! Beijo

Joice Worm disse...

Oi Dora,
Obrigada por este abraço. Estava mesmo precisando. Nunca é demais abraçar, mesmo que seja virtual, hehe... Beijokas para ti!

Olaaaaaa Caro!!
Tu estás sempre de férias?? Que sorte. Pelo visto está todo mundo transbordando de amor e não sabe o que fazer. (jaja).
Você está escrevendo cada vez melhor o português. Qualquer dia já esqueço que és espanhola.
Beijos para ti também, linda!
Muac!

Carlos (Limite),
Graças a ti tenho este post. Bem haja!
Hum... Penso que o amor entra e sai dos poros. Apesar de não vermos, graças a Deus, se sente, não é?

Welw.,
É verdade. Acho mesmo que sou feliz porque sei amar. Outro dia me passou um contratempo com uma pessoa e o assunto foi tal, que eu podia passar a odiá-la, mas o que é certo é que não consegui modificar o meu sentimento. Aliás minto, hoje sinto "pena".
(Depois lhe conto).
O importante é que não abalou os meus conceitos... Bem haja!

Tossan,
Hehe... Também te amo, carinho...

Amordemadrugada disse...

Bom fim de semana Joice e muita luz
Quase nao apareces
besito

Antonio saramago disse...

Não guardes para amanhã o ke podes fazer hoje, já é um ditado muito vélhinho!!!

Sol da meia noite disse...

A mais pura forma de amar é deixarmo-nos levar pelo que sentimos, seguindo aquele bater descompassado do coração, aquela ânsia de nos darmos...

Amiga, uma semana linda :-)


Beijinhos * *

Amordemadrugada disse...

Olá kerida
Imagino como anda essa tua vidinha!
Sempre a correr nao é!?
Saúde é que é preciso
já vi o teu canto dos sonhos ...
Vem kuando puderes, tá?
beijito e boa semanita
;)

Gerly disse...

Muito amor pra ti!

Beijokas!

:o)

Gerly disse...

Muito amor pra ti!

Beijokas!

:o)