sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Nada

Eu quero!... dizemos quando somos crianças.
Eu desejo!... dizemos quando somos adolescentes.
Eu exijo!...dizemos quando somos adultos.
Eu espero!... dizemos quando somos velhos.

" !"... dizemos quando morremos.

(Joice Worm)

10 comentários:

Daniel Fernandes disse...

Olha e não é que tem razão?

mundo azul disse...

sim! É verdade!
Gostei do seu poema...


Beijos de luz e um final de semana maravilhoso, Joice!

Desculpe lá no Mundo azul...Eu ainda esta arrumando a postagem.

Tiago Soarez disse...

Excelente!... dizemos quando queremos elogiar!

Vieira Calado disse...

Tenho que provar um cozinhado feito por você...
Bjs

xistosa - (josé torres) disse...

A Joice não pode ser cozinheira.
Não acredito no meu amigo Vieira Calado.
Já o maridão, tem aspecto de quem sabe!


Sabe-se lá qual a verdade!

Eu digo sempre, "Eu quero":
- ser feliz,
- ter uma companheira ao meu lado como tenho
- ser adulto no bilhete de identidade, (não sei como se chama no Brasil), mas quero ser miúdo em tudo o que faço.
- ser sempre novo e pensar que o sou.
- quando morrer, quero ser cremado, para não dizer nada!
Bom fim de semana.

JOICE WORM disse...

Daniel,
Estou sempre a passar as páginas do teu livro virtual do "Amar aos 40". E esta é a fase do... eu espero. (hummm).
Um abraço para ti!

Zélia,
Gosto especialmente de ler a "!". Parece que ficamos mudos e o único pensamento que nos chega, é o título.
...Cuanto al poema que se fue en su Blog, no se preocupe. Yo sentí lo que se pasaba, guapa. Besitos!

Tiago,
Tu és lindo! Obrigaduuuuuuuuu.
Fui lá buscar a dica do Bossa Nova Café. O do fim de semana está fenomenal.

Vieira,
Meus cozinhados são de feijoada para bifes... Ou seja, numa acção descendente...risos. Mas se for cozinhar letras. Aí, vou aprendendo com os poetas virtuais. Beijo suas mãos, meu querido!

Torres,
Tens razão. Aqui o Cozinheiro é o "Almirante Cook". Nem imaginas as maravilhas que ele faz. Sabe da cozinha brasileira, portuguesa, chinesa, americana, francesa e da espanhola. Estou bem servida.
Gostei da sua lista do "Eu quero"... Você quer ser "cremado" estive pensando... se calhar quero ser "achocolatada". Haha.
Beijos, amigo!

Luis Eustáquio Soares disse...

salve, querida amiga, belo poema;singelo como o nada...
b
luis de la mancha.

JOICE WORM disse...

Salve Luis,
Nada melhor do que uma página vazia... Da vontade de recomeçar, reencarnar, sei lá..

Madalena Barranco disse...

Joice, puxa... Há tanta coisa a ser dita na morte... Belo poema reflexivo e incisivo. Beijos.

Fernanda disse...

Eu só trocaria assim:
Eu EXIJO! ... dizemos quando somos adolescentes.
Eu DESEJO!...dizemos quando somos adultos.
Comigo foi desse modo.