quinta-feira, 14 de agosto de 2008

O que sinto é Amor!

E eis que surgiu um homem na minha vida.
Olhei os seus braços, o movimento das suas veias,
A força que os seus músculos me avisavam,
A doçura intrigante no seu olhar,
E um rosto que me cativou.

Conquistou-me, amou-me e casou-se comigo.
Tratou-me como uma frágil princesa
E me fez namorada e amiga.
Ao fim de vinte e dois anos, trata-me como a uma rainha
E já me fez progenitora, amante, fiel e confidente.

Delicio a minha alma ao me ver feliz e concluo,
Que este "pulso masculino" que me defende e me protege
É o exemplo de um homem que ama a sua mulher.

Bem haja!
Longa vida ao meu Guerreiro!!

(de Joice Worm para Paulo Worm)

4 comentários:

amordemadrugada disse...

Longa vida Joice!
Olha que não há muitos assim! Preserva!Ama!
E dá graças a Deus, minha amiga!
Beijito em tu

Filipa Epifânio disse...

Parabéns pelos 22 anos!
Não há nada melhor que partilhar a felicidade e tudo o que nos compõe a existência :)

Lu Cavichioli disse...

ahhhhhh, que graciosa homenagem ao homem amado!!

É tão bom quando achamos nossa cara metade.
com especial afeto, te abraço.

Lu

JOICE WORM disse...

Madrugada,
Vou preservar sim... Com muito carinho e beijinhos... (risos).

Filipa,
Tenho saudades tuas, menina. Vc vai sempre dando o ar da graça, que me encanta. Obrigaduuu... Beijo grande!

Lu,
Ele é mesmo o homem amado, e de vez em quando vou lhe fazendo uma homenagem escrita (hehe). Bjs tb para ti amigalhaça!