quarta-feira, 16 de julho de 2008

O servo e o seu rei... compreendendo os designios.

Hoje recebi um conto de uma amiga com o título de "Deus nunca erra"

O mesmo conta a história de um servo e seu rei que saindo para uma caçada, um animal atacou sua majestade e lhe tirou um dedo. Apesar do servo ter matado o animal, o rei não gostou de ter perdido o dedo e ainda ficou mais furioso quando o servo tranquilamente disse que "Deus nunca erra".

Mandou prender o servo e passado uns tempos saiu para outra caçada. Neste dia foi capturado por uns selvagens que o queria para sacrificar aos deuses daquela religião. Quando notaram que ele não tinha dedo, disseram que ele não era perfeito o suficiente para ser oferecido na cerimônia.

Voltou ao palácio e mandou libertar o servo, perguntando a ele:

- Como pode Deus nunca errar e te deixar preso tanto tempo, já que o defendes tanto?

- Senhor, - respondeu ele. - Se eu hoje o tivesse acompanhado na caçada, com certeza seria sacrificado, pois não tenho nenhum defeito físico...

15 comentários:

Fragmentos Repartidos disse...

É uma história engraçada.
E se no momento em que as coisas [más]acontecem pensamos muitas vezes "onde é que está Deus agora?", mais tarde podemos aperceber-nos que mesmo essas coisas más são o princpio de algo melhor. Há que saber esperar e tirar dessas coisas más as pequenas lições que a vida nos dá dia após dia.

Cumprimentos.

JOICE WORM disse...

Olá Fragmentos,
Obrigada pela visita. E obrigada pelo coment.
Acho que se passa com todos nós... Na hora que estamos passando por algum sofrimento, achamos que o Homem esqueceu de nós ou que não existe, mas depois, surge algo novo derivado desde mesmo facto e zás... Cresce a dúvida.
É no mínimo terrívelmente interessante!!

Fernando Rozano disse...

em todas as situações, em especial aquelas em que o negamos, Deus está sempre presente. reflexão perfeita em bela alegoria. abraços, Joice.

CarLitos disse...

voltei!!! :D:D:D :D
saudades :D:D:D:D:D:D:D:D:D

***

Aline Romero disse...

É...Deus nunca erra mesmo!
Que pena que as vezes as pessoas não notam isso. Sequer dão valor à saude, a familia, ao país...
Torço pra que um dia todos percebam, sem ter que "sentir na pele", como o rei da História...
Beijo, Joice!
Ja te contei que sou sua fã?
:)

Assim que sou disse...

São curiosos os desígnios divinos. E eles estão por aí, emitindo alertas, mensagens cifradas,sinais de fumaça. Nem sempre, ou quase nunca temos a clarividência de percebê-los. Mas quando os vemos são de uma verdade gloriosa.
Gostei de ler essa fábula hoje cedo. E também gostei de saber, no seu último comentário em meu blog, que você vive na Espanha. Gosto demais dessa terra. bjs. Veronica

xistosa - (josé torres) disse...

A falta de um dedo é uma grande perda.
É indesmentível!
Mas a história leva-nos ás pequenas coisas que podem ser insignificantes, mas podem valer uma vida.
Só olhamos para o superficial ... tudo o restante é acessório ...
Mas vai continuar sempre assim.
O ser humano não se modifica de repente.

Luis Eustáquio Soares disse...

salve, querida amiga, que erramos todos, e sua alegria inominável está aí pra nos redimir.
b
luis de la mancha.

JOICE WORM disse...

Grande Fernando,
Não há dúvida quanto a isto. Nós entretanto somos criaturas ansiosas e pretenciosas, daí pensar que podemos tudo sozinhos... Alguns pensam assim, claro!

Carlitos,
Finalmente de férias!! Viva o relax! Toca a escrever...

Aline,
Você minha fã? Que legal!! Fico lisonjeada. E digo-te que a recíproca é verdadeira, viu?

Assim que sou,
Sabe de uma coisa, adoro pensar que nada é por acaso, de que o destino existe e que Deus já tenho tudo preparado. No fundo me sinto apoiada até quando penso que errei...

Torres,
...É uma pena ter que admitir que o ser humano não se modificará. Por isto, acredito na vida após a morte. Porque será que morrem uns depois de aprender a viver, e nascem outros com mais defeitos que os anteriores? Penso que nesta trama divina, a reencarnação é a evolução do espírito errante, porque ano após ano, parece que nada mudou, não sei se me fiz entender... Mas um dia faço um post sobre este assunto.

Olá Eustaquio (Luis de la Mancha)!
Saudades de ti. A minha alegria é meu estado de espírito preferido. Por vezes estou apaixonada por mim mesma... (risos).

Dauri Batisti disse...

Muito boa a história... e boa porque tambem engraçada. Vou linkar seu blog no meu. Okay?

Dois Rios disse...

Oi Joice,
Obrigadíssima pela tua visita e comentários no Dois Rios.
Vim retribuir a visita e vou voltar.
---
Não existe acaso. Existe Deus.
Beijos agradecidos,

Jacinta Dantas disse...

Ei Joice,
que legal vir aqui. Já te falei num outro comentário(faz um tempinho) que gosto do seu jeito de demonstrar alegria. Acho que foi num post que você fala que almoçou sozinha, não sei. Agora, nesse post, vejo o seu bom humor, apresentando uma história gostosa de ler que traz uma, também, gostosa mensagem.
Beijos

JOICE WORM disse...

Dauri,

Tinha tantas saudades das suas poesias que não resistir ontem a ler e ler e ler... continuas com o dom da palavra. Bem haja!

Dois Rios,

Foi um prazer para mim te descobrir no Blogger. Não tem que agradecer. Este passeio literário é a coisa mais gostosa que temos a fazer e passar as horas. E na passagem pelos "Dois Rios" naveguei lentamente...

Jacintaaaaa,

Saudadessssssss de ti!!! De verdade. Andei fazendo uma revista e me deliciei outra vez no seu cantinho.
Eu adoro esta história do Rei e do Servo. Não há dúvida que "Ele não erra"!! Bjs da Joice, aí hein?

amordemadrugada disse...

Sábio !
Isso acontece na realidade do dia a dia! Deus poe-nos á prova e que fazer!? tentar ultrapassar tudo como Ele manda!
complicadito!
Deixo um beijo em tu

JOICE WORM disse...

Amor de Madrugada,

Para nós tudo que é desconhecido é complicado. Mas o melhor da festa é o "aceitar" sem se perder na insensatez de se "acomodar".

Celso,

Transcrevo pr'aqui suas palavras do comentário no meu Blog do Globoonlinners...

Boa noite. Feliz Dia do Amigo. Acessei seu Blog "opequenomilagre" e fiquei entusiamado com as mensagens nele contidas. Sua sensibilidade prendeu-me a atenção e proporcionou a oportunidade de refletir sobre alguns assuntos. Obrigado e parabéns.

Forte abraço,

Celso Botelho

PS.: Meu Blog no Blogger é "www.krocodilus.blogspot.com"

E COM SATISFAÇÃO E LETRAS MAIÚSCULAS...digo-te:
OBRIGADA!!
Um sorriso grande para ti, Celso!