terça-feira, 15 de julho de 2008

Saudades de um "pueblo"

Este fim de semana recebi uma população de carinhos!
Sim, isso mesmo, "uma população de carinhos"!

Há tempos saí angustiada de uma Vila em que vivia.
Passei dois anos sem querer olhar para trás.
Dois anos sem sentir vontade de ver ou ouvir falar da terra...
Dois anos passei a me curar e interiorizar que afinal eles não tiveram culpa
da mudança que gerou na minha vida.

Hoje compreendo que o que se passou na realidade,
foi o moedor de carne humana chamada sistema governamental e econômico,
que desafortunadamente também os tinha atingido.

E neste fim de semana passei lá, três maravilhosos dias.
Dormi em casa de amigos na qual me sentia como se fosse a minha casa...
E com uma família que também parecia ser a "minha" família"
Na rua, fui cumprimentada, beijada e abraçada mais de cem vezes.
"Uma população de carinho"!

Voltei, sonhei com todos eles,
com todas as "mãos que toquei e (li)"
... Estou cheia de saudades!!

9 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Nem sempre há solidão e nem sempre brilha o sol.
Mas quando retornamos a lugares que nos marcaram, só podemos ter duas sensações.
Sair ou interiorizar que estamos lá.
Quando não voltamos, levamos a raiva que jamais se apagará.
Afinal a vida, muitas das vezes é madrasta por influência da situação, ou quando não há luar.

Mas quando o sol brilha, podemos gritar a plenos pulmões a nossa liberdade verdadeira.

Uma boa semana.

Fernando Rozano disse...

o mágico da vida é quando realmente podemos voltar ou mesmo olhar para trás. felicidade, Joice, mereces. O meu abraço carinhoso.

Ana Baldner disse...

è muito gostoso encontrar com pessoas que não vemos a muito tempo... as pessoas que fizeram parte do nosso passado e por algum motivo estão afastadas de nós...

bjs

camila disse...

quee lindoooooo *O*
mee visitaa hojee taahg? xd


by:
http://imensidadx3.blogspot.com

mundo azul disse...

...gostoso matar as saudades do que se gostava tanto!

Beijos de luz e o meu carinho...

Aline Romero disse...

Nossa... Senti sua felicidade daqui, Joice!
Fico muito feliz por voce, viu?
Que voce volta pros braços da(S) sua(S) familia(S) mais e mais vezes...
Abraço forte, com carinho igual ao dessas familias.

JOICE WORM disse...

Torres,
Sábias palavras, amigo. Sábias palavras!

Fernando,
Aí está tu com seu carinho especial. Obrigada por conseguir ainda ter algum tempinho para esta visita. Gdt!

Camila,
Aí está você com tão poucas palavras. Me aguarde!

Mundo azul,
Às vezes a saudade mata a gente, mas isto só acontece se não tiver como reviver o passado com as mesmas pessoas de outrora,não é mesmo?

Aline,
Ainda bem que sentiste a minha felicidade. Quando escrevia, meu coração palpitava. Bjs para ti, linda!

Madalena Barranco disse...

Hola querida Joice,

Entrar em seu blog é como abrir uma janela de flores sorridentes com anjinhos voejando nas pétalas. Fiquei aqui imaginando a delícia que deve ser receber uma "população de carinhos".

Besitos.

JOICE WORM disse...

Oi Maga,

Tu é tuas doces palavras...
para imaginar uma "população de carinhos", imagine olhos brilhantes a te olhar com admiração, acompanhados de sorrisos, beijos e abraços de 5 em 5 minutos durante 3 noites de Festa... Agora imagine eu, nesta festa vestida de Cigana-romana no II Festival Romano de uma Feira...
Enfim... Uma alegria geral somado à noite de advinhações e leitura de mãos... Foi simplesmente memorável!