quinta-feira, 24 de julho de 2008

Racismo em Espanha

Sou morena, não sou feia e tenho cultura.
Sei normas técnicas brasileiras da construção civil,
Sei orçamentar uma obra,
Sei inglês, espanhol falado e escrito.
Tenho noções de alemão e francês.
Trabalhei em Publicidade e saí com distinção por motivo de mudança de país.
Sei organizar grupos para animação e eventos.
Sei falar em público, comunicar e orientar.
Tenho o curso de formação de formadores,
Tenho três Faculdades incompletas por circunstâncias da vida.
(Telecomunicações, Gestão Estratégica e Turismo/Termalismo)
Trabalhei com vinhos em Portugal e conheço as castas das melhores uvas de norte a sul do país.
Fui sócia-gerente de uma empresa de Telecomunicações
Fui sócia-gerente de um Restaurante que os clientes até hoje pedem para que volte.
Estudei a área Sanitária e pratiquei a teoria nas Instituições Hospitalares e de Saúde Mental. Completei o curso de Auxiliar de Enfermaria com cuidados para descapacitados físicos e psiquicos.
Tenho todos os estudos de preparação para Agente de Viagem com o programa Amadeus.
Sei costurar, bordar, lavar, esfregar e cuidar da roupa.
Sei amar, cuidar do marido e de filhos...
Não há nada que não possa fazer se não me ensinarem.

Mas uma coisa os espanhóis não me tem perdoado... E dizem "sentir muito" indirectamente...

A cor da minha pele!... E o facto de ser sul-americana (brasileira).

Pergunto-me: Vale a pena estudar e sair do país de origem para ser amesquinhada e rejeitada? Neste ponto defendo Portugal. Vivi lá 20 anos e não me dei conta deste pormenor tão deprimente...

Quanto a factos, não há argumentos!

Quando tive minhas filhas, disse um dia à minha mãe... «Ainda bem que nasceram as duas muito branquinhas... Este mundo é muito cruel com as pessoas que tenham outra cor diferente»....

18 comentários:

Dois Rios disse...

Joice,

Só há uma palavra que sintetiza o que o que acabei de ler: repgnância.

Beijos solidários,

Dois Rios disse...

oops! repugnância

bj.

Lu Cavichioli disse...

Querida, linda e MORENA Joice!

Morena da cor do pecado como dizia Nosso Vinícius de Moraes.

Entre tantas atribuições que tens, destaco a melhor: O SER HUMANO QUE ÉS! E se esse povo (entre outros), comete tal desvelo,devo registrar que nós, sul americanos, tomamos banho, nos alimentamos de frutas, gozamos de ares tropicais,cuidamos da saúde , somos e temos o coração do tamanho do nosso país que abriga tantas culturas, línguas, faces e outros teretetês com muita dignidade.
Querida amiga,sei que estás magoada, mas levante a cabeça porque existe um justo julgador e nada, mas nada como um dia atrás do outro.
Me aguarde no retratos em degradê que logo mais ponho a boca no trombone sobre esse assunto.
Te amo!
Bjs

v.carlos disse...

Que triste...


Com esse curriculum, eu até te contratava.


Que bom que gostas do "Ensaio sobre a cegueira" tenho me encantado.


Abraços
Deus abençoe =)

Fernando Rozano disse...

século XXI e ainda vivemos a barbárie assim como o preconceito em toda as suas repugnantes plenitudes. sei que esquecer é difícil, mas faz em ti viver cada vez mais o ser humano que és e, com certeza, o mundo e a vida serão muito melhores. meu abraço.

JOICE WORM disse...

Dois rios,
Foi exactamente o que senti... Repugnância... depois deprimi profundamente!... Sou assim, sensível. Mas depois me recupero. Deem-me 24 horas.

V.Carlos,
E penso... Ainda há curriculuns melhores que os meus, e sofre o mesmo por estas bandas... Não sei onde este mundo vai parar.
Ensaio sobre a cegueira: Vais adorar! Não se parece com nada que já tenhas lido!

Fernando,
Obrigada pela força. Estás sempre presente nos meus altos e baixos. Obrigadíssima, meu querido!
Gdt de verdade!

JOICE WORM disse...

Lu,
Passei lá no seu Blog e vi o seu post a mandar vir com o Racismo, e escrevi-te...

Boa Lu! Falou por mim e por todas as pessoas que sofrem com esta ignorância do tal "1º mundo". Deve ser o primeiro mundo do "nada"!
Estive completamente desorientada hoje, mas saí com uma amiga espanhola que me adora e me levou a outra que estava cheia de saudades de mim e me deu um abraço tão apertado que me fez esquecer os pormenores desgostosos deste dia... Já não vou considerar o que se passou. Vou sim, morrer de pena dos senhores que me trataram desta forma. Não merecem a minha atenção, nem a de ninguém.
No Brasil, há um coração de tamanho gigante para todas as raças, e eles jamais vão saber como fazemos para amar tanta gente desigual...
Obrigada, amiga minha. Foste muito corajosa em postar este tema.
Já estou melhor...
Vou ler suas poesias e me pôr a sonhar...

C3-PO disse...

Uma vez vi um rapaz cego, dizer no programa da Oprah, que ser cego não era uma deficiência, mas sim uma benção... pois palavras como branco ou preto, feio ou bonito não tinham qualquer significado para ele. Para ele esse passo estava automaticamente ultrapassado porque falando com as pessoas e ouvindo-as ele via só a beleza interior e mais nada contava.
Nunca mais me esqueci disto! É revoltante que haja pessoas preconceituosas e que não sabem ver as pessoas pelo que elas valem... talvez porque eles próprios é que não valem muito...

Um beijão para a linda morenaça Joice
=)

Dauri Batisti disse...

Não sei o que dizer. Isso é tão estranho. Não entendo. Mas para você meu abraço, meu calor, meu estímulo.

JOICE WORM disse...

C3,
Que bela lembrança tiveste. E realmente é adoravél pensar como um cego. Faz me lembrar o mundo virtual. Por isso nos damos todos bem no mundo virtual. Com ou sem fotografia, nos conhecemos pelo que escrevemos.
Haha, obrigada pelo "linda morenaça"!

Dauri,
É estranho mesmo amigo. E mais estranho é sentir na pele. Calculo os pretos de raça pura, o que sofrem...
Obrigada pelo seu carinho, meu querido.

amordemadrugada disse...

joice
Não tinha ainda lido seu post sobre este racismo desnecessário!
Mas querida, os espanhóis pensam que são mais do que quem?
As pessoas não se podem avaliar pela cor, pelo credo!!!
isso é simplesmente nojento!
As pessoas deveriam olhar dentro de si mesmas e inquirir-se acerca do que vêem...
Isso, não acontece... e o racismo qualquer forma de...vai existir, sempre
Mas os espanhóis que são tão caracóis!!
Vá, não deprimas por isso...
és um ser lindo ... o resto é paisagem...
beijo em tu

xistosa - (josé torres) disse...

joice worm

Os puritanos, são aqueles que chegam a casa e encontram a mulher na cama com o vizinho ou elas ... encontram a conta do motel, no bolso do desleixado marido.

Tive uma instalações formidáveis e baratas para montar um restaurante, o meu grande sonho, hoje desfeito, aos 61 anos ...

Não ligue e olhe em frente ...
para ser sincero, até acho que o espanhol é mais tolerante que o português.
Talvez me engane ...
mas quem aprecia pessoas pela cor da pele ... vou-lhe dizer, preferia andar a pedir ... mas esse ser, teria que se tratar nalgum hospital.

Infelizmente é a selva que invadiu os cérebros ...

Não ligue ...
É ser superior a todos eles.

Mas um dia se necessitar, não se esqueça dos meios audiovisuais e da imprensa ...

Podem não fazer muito, mas os inumanos são afastados!

JOICE WORM disse...

Madrugada,
Não te chateis com os espanhóis. Afinal por causa da inferioridade de uns acabei por descobrir a preciosidade de outros... A vida é mesmo assim, graças a Deus!

Torres,
Obrigada pelo apoio moral de suas palavras. Hoje já tudo não passa realmente do passado. Me alegro que tenha escrito dois posts, o do dia acontecido e o do dia seguinte, assim como vc reconheceu quando comentou o segundo.
Gosto das suas opiniões. Obrigada, amigo!

Denise disse...

Joice, Linda e morena.
Esse espanhóis são uns invejosos,preconceito não está com nada. Não tens com que se preocupar ou se entristecer, o seu valor e suas conquistas já foram reconhecidas, os que estão a sua volta e a amam é o que importa, no mais... azar deles que são branquelinhos.
Bjs

la chica maravilla disse...

Joice, no toda España es igual y a veces una persona tan avanzada y valiente como tú no encuentra su sitio en una ciudad pequeña. Hay españoles y españolas que son racistas, que no se acuerdan que éste fue un país de emigrantes. A lo mejor no es el color de tu piel sino que no tienes tanto dinero como Ronaldinho: no creo que él experimente mucho racismo, el dinero sólo tiene un color. Desgraciadamente, contemplo situaciones de racismo y xenofobia en la península, incluso aquí en Cataluña, pero también hay personas que no lo son.
Este mundo es cruel con los que son diferentes, no importa el qué: físico, mental o psicológico, ideales... pero você e linda e morena! Sim, sim!
Beijinhos.

JOICE WORM disse...

Muchas gracias, Caro. Tu es una de las amigas más belas que yo he conocido aqui. Te quiero mucho, guapa!

MarkusAudio disse...

Joice amiga,
é sempre triste pra mim sentir o racismo que pessoas como você vivem...até porque eu vivo o racismo todos os dias...porque embora seja de descendência portuguesa branca, sou preto como meus avôs africanos, e isso na Europa (e especialmente em Portugal)é simplesmente pecado:-(( é engraçado que por causa de uma maravilhosa jovem espanhola (branca!) por quem me apaixonei, estou pensando em tentar a minha sorte em Espanha, por isso a sua experiência já me preparou o sufficiente...Felizmente o amor nos ensinou que só porque algumas pessoas são más nem todas o são, e a tua grandeza de coração me inspira muito!! Te amooooo!!!

Joice Worm disse...

Obrigada, Markus.
Venha com fé. Não se afaste do seu amor, por nada deste mundo!!
Bem haja!