terça-feira, 16 de setembro de 2008

O que me faz a lua

Quando o sol deixa de me aquecer e iluminar,
A lua, levanta lentamente para me inspirar.

Quando meu coração parece chorar.
Meus olhos brilham, contando segredos.

Escapa a angústia
Sai de mim, água salgada e cristalina...
Me adocica a alma,

Me acalma.

6 comentários:

Dauri Batisti disse...

Te acalme, te clareie a alma, te faça luz de risos... e muito mais.

CarLitos disse...

É tao bonito que tentei le-lo como se mo estivesses a contá-lo =)

És espcial amiga =)

[em relação ao meu posto: nao tens q ficar confusa. As descobertas, para mim, ao segredos que guardo comigo. E um dia, contar-tos-ei em terrenos espanhois ao sabor da famosa cerveja que me prometeste :P]

te adoro

****

CarLitos disse...

Sorry: os erros!

... as descobertas SAO segredos.
E nao queria escrever posto. É post, como deves pensar! :)

hehe sorry!

xistosa - (josé torres) disse...

As lágrimas são salgadas?
O SOL, (gosto de o escrever com as letras mais gordas, é para mim um deus.
Não não conheço os deuses egípcios. Mas eles é que me copiaram. O
SOL é mesmo meu!).

Disponibilizo-o para todos, pobres e ricos.
Quando mudo de combustível, coloco a LUA.
Essa é que faz chorar ...
Mas só os amantes que não sabem onde se situa o coração.
Talvez a meio do peito e junto ao centro superior, logo, logo abaixo do quaixo.

Por não saber eu choraria.

Mas depois riria "a bandeiras despregadas", (Rir até não poder mais!).

Joice.
Gosto muito deste espaço.
Não sei se posso vir aqui muitas vezes.
Visito 105 blogues e ando a juntar dinheiro para comprar um relógio com 36 horas por dia ...

Um dia, será dia!

Vivian Mag disse...

...veja bem como a Lua inspira os poetas a brincar com as palavras! você é linda, me emocionou e então eu deixo bjus no seu coração...muahhhhhhhhhhhhhhhhh

Tiago Soarez disse...

Um doce!

Beijos, minha querida!

Bossa Nova Café - textos, música e arte!