terça-feira, 13 de maio de 2008

Suspiro

Já pensei em ser tinta na pena da imaginação...
(Joice Worm)

12 comentários:

Fernando Rozano disse...

magnífico. essencial na forma e na estética e diz tudo em poucas palavras e, mais, instiga a imaginação. abraços.

JOICE WORM disse...

Me inspirei no site do Beto Matos. Ele tem uma pena a escrever... Comecei a ler post dele e adorei. Saí dali inspirada com esta frase. Há coisas assim...

Tâmara disse...

Eu queria ser apenas uma pontinha de um lapis qualquer.....

bjos, linda!

xistosa disse...

Tinta duma pena para uma escrita num papiro imaginário que esvoace levemente, para a tinta secar.

Eurico disse...

Olá Joice, grato pela visita ao Eu-lírico. Também gostei do que escreves aqui. Com essa tinta da pena da imaginação você escre(vi)verá a vida.
Abraçamigo e fraterno.

Luci disse...

Fabuloso e surreal!

Adorei!

Bjo,

Luci:)))

Ilaine disse...

Amiga!

Nossa, que frase tão bonita... Simplesmente linda. Parabéns!

Bj

No Limite do Oceano disse...

Não é preciso escrever muito para se dizer tanto. ADOREI!!!!!Nunca pensei ser a tinta na pena da imaginação, sou mais o espaço em branco num pequeno pedaço de papel a ser pintado...mas tudo o que envolva a imaginação é um rio que não deve secar!!!!

*Hugs n' smiles*
Carlos

JOICE WORM disse...

Agora, ando aqui a saborear como é bom receber aplausos. Eu é que agradeço a vocês aquele momento de inspiração!!

JOICE WORM disse...

Carlos (Limite),
Te adoro no Pequeno Milagre, porque você é um dos meus cristais, sabia?!!!

Dauri Batisti disse...

Na verdade tu és.
Ou você não sabia?

Camilla Tebet disse...

Olha isso, que lindo!